Arquivo da tag: Paul McCartney

Discoteca dos Sousa: Paul McCartney – Ram (1971)

Ram é o segundo álbum solo lançado pelo ex-beatle Paul McCartney em 1971, mas foi  primeiro solo de Paul  que eu prestei a atenção. Hoje tenho o disco em vinil, , guardado em minha discoteca, com muito carinho. O álbum marca algumas das primeiras parcerias entre  Paul e sua mulher Linda McCartney, numa espécie de contraponto à parceria  John Lennon / Yoko Ono.

Depois do lançamento de seu primeiro álbum solo, depois da separação dos Beatles, em 1970 (o álbum chamado McCartney), ele e a mulher foram passar férias em sua fazenda na Escócia. Foi neste período que eles trabalharam na composições das músicas para o álbum seguinte.O álbum foi gravado em Nova York e contou com a participação de Denny Seiwell na bateria e Dave Spinozza e Hugh McCracken nas guitarras. Denny Seiwell posteriormente seria chamado por Paul para fazer parte de sua nova banda, os Wings.

Em fevereiro no mesmo ano, Paul lançou o compacto com a música “Another Day”. A música não fez parte do álbum Ram lançado em maio, mas se tornou um grande sucesso.A música de maior sucesso do álbum foi “Uncle Albert”, que atingiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso dos Estados Unidos. O álbum atingiu o primeiro lugar na Inglaterra e segundo nos Estados Unidos. (Fonte: Wikipedia). Eu ainda cito como um hit de menor impacto, nas que tocou muito em minha vitrola “Monkberry Moon Delight” .

Uma curiosidade : outro grande sucesso do álbum foi “Too Many People” , uma das três canções escritas por McCartney, que John Lennon tomou com dirigidas a ele. As outras foram  “Dear Boy” e “The Back Seat Of My Car”  que deram origem a alguns revides por parte de John, sendo a mais agressiva “How do you sleep“, gravada no álbum Imagine, lançado no mesmo ano.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Discoteca, Diversas, Paul McCartney

Melhores de 2013: # 95. Paul McCartney – New

Imagem

É muito bom ver sir Paul, o velho Macca, aparecer em nossa lista como um dos melhores do ano. Quando muita gente podia apostar em acomodação, não é que o ex-Beatle mais queido do planeta apresenta um álbum delicioso. Nele Paul ora soa como Beatle, como em “Queenie Eye”, ora como Wings em “Aligator“, ora melódico como em “On my way to work“. Há ainda momentos de nostalgia, como a faixa título, na qual Paul faz uma homenagem a swinging Londres dos anos sessenta. Paul se mostra conectado com a música do século 21 ao trabalhar com  produtores jovens, que dão um ar de frescura ao seu novo trabalho – “Save Us“tem o dedo de Paul Epworth, produtor de Adele e Foster the People, “Appreciate“o de Giles Martin, filho do lendário George Martin. Em fim um grande disco que não para de tocar na nossa Vitrola.

Deixe um comentário

Arquivado em Melhores de 2013, Paul McCartney

Na Hora de Dormir: Mary Had a Little Lamb – Paul mcCartney and Wings

Para dormir , uma do Paul que é pouco lembrada hoje em dia, mas que fez sucesso na época.

Boa noite …

3 Comentários

Arquivado em Na Hora de Dormir, Paul McCartney

Top Top: 10 Músicas que Paul McCartney não tocou

Aproveitando a vinda de McCartney a BH, e mesmo reconhecendo que não dava para ele tocar todas as músicas que queríamos ouvir, ou o show duraria mais de 4 horas, o Top Top “reclama”a ausência de algumas músicas que poderiam ter sido executadas ao vivo. Agora que ele pagou ao menos algumas dívida comigo tocando ao vivo Another Day,Lovely Rita ,Let Me Roll It,Maybe I’m Amazed,Hope of Deliverance, Junior Farm e Being For The Benefit Of Mr. Kite” tocada pela primeira vez ao vivo desde sua gravação, porque não pedir mais ?

10 . My Love

Começamos de uma óbvia, que fazia parte do repertório dos outros shows e foi retiradadepois do novo casamento de Sir Paul. Tudo bem, mas que faz falta, faz.

9 . C Moon

Sucesso da época dos Wings, deliciosa e divertida, faria sucesso ao vivo

8 . Pipes of Peace

Linda canção pacifista de Paul, poderia ser ilustrada com imagens impactantes

7 . No More Lonely Nights

Outro clássico esquecido de Paul McCartney. Para os momentos românticos

6 . Heart Of The Country

E que tal a ótima Heart of the Country, do album Ram ?

5 .  Monkberry Moon Delight

Outra pouca conhecida, também de Ram , o meu disco favorito de Paul

4 .  Give Ireland Back To The Irish

Outra música protesto, da época dos Wings, talvez um pouco sem sentido hoje, mas os ingleses ainda não devolveram a Irlanda para os irlandeses. Vamos cantar de novo Paul ?

3 .  Back To The Egg” Medley

Que tal o belíssimo medley Back to the Egg , album pouco pretigiado de 1979 ?

2 .  Young Boy

Outra canção menosprezada na discografia de Paul, mas que não fica a dver nada às suas congêneres, Esta é do álbum Flaming Pie dec1997

Top Top

1 .   Uncle Albert/Admiral Halsey

Outra de Ram, que também perdeu o sentido político, mas não a beleza musical.

Deixe um comentário

Arquivado em Paul McCartney, TOP TOP

Novidade: Paul McCartney lança novo CD

Paul McCartney lançará novo CD em fevereiro. Para ir aumentando as espectativas, Paul já divulgou o primeiro single:

My Valentine

What if it rained?
We didn’t care
She said that someday soon
The sun was gonna shine.
And she was right,
This love of mine,
My valentine

As days and nights,
Would pass me by
I tell myself that I was waiting for a sign
Then she appeared,
A love so fine,
My valentine

And I will love her for life
And I will never let a day go by
Without remembering the reasons why
She makes me certain
That I can fly

And so I do,
Without a care
I know that someday soon the sun is gonna shine
And she’ll be there
This love of mine
My valentine

(instrumental)

What if it rained?
We didn’t care.
She said that someday soon
The sun was gonna shine
And she was right
This love of mine,
My valentine

Deixe um comentário

Arquivado em Lançamentos, Paul McCartney

TOP TOP Músicas Românticas Internacionais

amor

Aproveitando o clima namoro/noivado/casamento, e escutando a trilha sonora romântica do almoço do domingo passado promovida pelo meu pai, resolvi resgatar o TOP-TOP (que estava sumido há tempos, concordo) e fazer um de músicas românticas, afinal todo mundo já teve um amor, uma dor de cotovelo, um filme tragédia favorito, e é claro que a música romântica faz parte destes momentos, correto? Como a maioria das músicas fala de amor eu vou selecionar somente internacionais neste post, para facilitar o meu trabalho e evitar as polêmicas. Vamos lá?

5. Wicked Game – Chris Isaac
Eu arrepio quando escuto essa música. Juro. Não sei se é o impacto “Ross and Rachel” que ela me causa (porque nossa, nada mais triste do que aquela cena da Rachel na janela após brigar com o Ross), mas eu acho ela impactante. É tão impactante que chega a ser baranga. E é tão baranga que chega a ser extremamente romântica. E o clipe? Dispensa comentários, assim como o agudo estendido de Chris Isaac no refrão: “no IIIIIIIIIIIIIIIII don’t wanna fall in love…”. Aliás, dúvida para o Guru do site, Mauro Kleber, Chris Isaac teve outro sucesso?

No clima desta dúvida, do agudo sensacional e do “We were on a Break” de Ross and Rachel “Wicked Game” é nosso 5º lugar!

4. Book of Love – Peter Gabriel
Quem já viu “Shall We Dance” (ou Dança Comigo em bom português)? Aposto que a maioria das mulheres já viu e se derreteu com a cena do Richard Gere subindo as escadas rolantes trazendo uma rosa para sua esposa, a Susan Sarandon, inclusive eu! Uma das responsáveis pela cena ser tão romântica é a música, Book of Love. A voz de Peter Gabriel é roucamente suave e linda, e eu acho que encaixa perfeitamente em uma música romântica. E a letra? “But I love it when you give me things, and you ought to give me weeding rings”. Lindo!

Por ser a trilha do “Shall We Dance”, pela letra e pela voz rouca de Peter Gabriel, “Book of Love” é nosso 4º lugar!

3. My Love – Paul McCartney
O amor entre Paul e Linda era muito grande. Era tão grande que o Paul até ignorava a falta de talento musical de sua esposa para deixar ela cantar e tocar em sua banda pós Beatles, o Wings. Mas Paul fez uma de suas músicas mais bonitas nesta época, que não envolvia a participação de Linda, mas que foi feita pra ela. “My Love” é simples, como todas as músicas do Paul, e quando você escuta até parece que você já conhece ela de algum outro lugar, por ser tão romântica. A letra é quase inteira baseada em my love, mas a frase campeã clichê do romance é “And when I go away, I know my heart can stay with my love, It’s understood”. Clássico.

Por ter a frase campeã clichê do romance e por ser o Paul “My Love” é o 3º lugar!

2- Last Goodbye – Jeff Buckley
Jeff Buckley é um romântico injustiçado. Suas músicas eram tão tristes que todos esqueciam que ele só queria falar de amor, e não importa se fosse uma música com desfecho infeliz como Last Goodbye, o importante era falar de amor. Nesta música o “eu-lírico” se despede de sua paixão propondo um último encontro, um último adeus. Junto com a voz suave de Jeff eu considero esta uma das músicas mais românticas que já ouvi, até arrepio!

Por ser um romântico injustiçado, Last Goodbye é nosso 2º lugar!

1- Wonderfull Tonight – Eric Clapton
Ok. Wonderfull Tonight é clich mas, se pensarmos racionalmente, é uma das músicas mais românticas já produzidas. Eric escreveu a letra em uma sentada, enquanto esperava sua namorada Pattie Boyd se arrumar, para irem a uma festa na casa de Paul e Linda McCartney. A letra é simples e descreve o que ele sentia enquanto esperava, e é nítido o tamanho da paixão de Eric por Pattie (já descrito inclusive em autobiografias e biografias não autorizadas do cantor) que foi transcrita para essa música. E a Pattie não é fraca não, além de inspirar Eric Clapton ela também foi a motivação para músicas como “Something” (que também merecia este primeiro lugar!), “I Need You” e “For You Blue” de George Harrisson, “Layla” também de Eric Clapton, além de também ter despertado o interesse de Mick Jagger e John Lennon. É mole?

Por ser uma música feita em uma sentada ao admirar a maior musa dos roqueiros da década de 70, “Wonderfull Tonight” é nosso 1º lugar!

1 comentário

Arquivado em Eric Clapton, Paul McCartney, Românticas, TOP TOP