Arquivo da tag: Soul

Soul: Seleção Soul 2016

Imagem relacionada

Como fizemos em 2014, voltamos a indicar uma seleção dos melhores lançamentos da soul music em 2016:

Em sequência::

ou separados:

1. Solange – Cranes in the sky

2. Michael Kiwanuka – Love & Hate

3. Maxwell – Hostage (Audio)

4. Anderson .Paak – The Season / Carry Me / The Waters

5. Terrace Martin – Push featuring Tone Trezure (Velvet Portraits)

6. BJ the Chicago Kid – Love Inside

7. Charles Bradley & His Extraordinaires – Changes

8. Corinne Bailey Rae – Been To The Moon

9. Alicia Keys – Blended Family (What You Do For Love) ft. A$AP Rocky

10. Mavis Staples – Dedicated (or. Bon Iver)

1 comentário

Arquivado em Diversas, Soul

Soul:Charles Bradley – Changes (2015)

Resultado de imagem para Charles bradley

Uma gostosa interpretação de Changes, imortalizada por Ozzy Osbourne, aqui na voz de Charles Bradley (5 de novembro de 1948) é um cantor americano de funk, soul e R&B nascido em 1948 em Gainesville, Flórida. Suas performances e estilo de gravação consistem com os padrões revival da gravadora com a qual trabalha, a Daptone Records, celebrando o sentimento da música funk e soul das décadas de 60 e 70.Bradley demonstra claramente as influências de James Brown e Otis Redding, tendo inclusive sido dito que ele ecoa a rendição evocativa de Otis Redding.(Wikipedia)

 

Deixe um comentário

Arquivado em Charles Bradley, Diversas, Soul

Top Top: 15 Soul Music para escutar domingo

 

Final de domingo, ao invés de ver o Fantástico, que tal escutar uma gostosa seleção de soul?

Deixe um comentário

Arquivado em Diversas, Soul, TOP TOP

Top Top : O Que Vale a Pena Escutar – Vol2 – (British Soul)

Continuando a lista de sugestões para Marina, vamos indicar alguns bons exemplos do British Soul, que não é só composto de Adele, Corinne Bailey Rae e Sam Smith.

1. Carleen

Carleen Anderson é americana, mas fez sucesso no Reino Unido. É irmã do cantor  Vicki Anderson e não pode ser considerada uma novidade, pois está na ativa desde 1991, mas a escolhi para abrir a nossa lista.

2. Shaun Scoffery

Shaun Escoffery é cantor e ator, nascido em Londres. Na estrada desde 2002.

3. Omar

Omar Christopher Lye-Fook , também é de Londres e conhecido profissionalmente como  Omar. Também faz parte da cena britânica desde a década de 1990 e começou como backing vocal de Caron Wheeler

4. Josephine

Josephine Oniyama é inglesa com raízes jamaicanas e liberianas que refletem em sua boa música.

5. Rainy Milo

Rainy Milo também é de Londres e canta desde os 12 anos.  Sua carreira deslanchou em  2012 e ela se inspira no jazz e hip-hop.

6. Syron

Syron é uma cantora inglesa que ganhou notoriedade quando teve sua música executada nas emissoras de rádio da BBC Radio 1 e 1Xtra.[ Foi classificada como “one to watch” pela MTV e nomeada como “one of 2012’s coolest new female talents” pela revista ID.

7.  Lulu James

Lulu James nasceu na Tanzania e descende de uma tribo Maasai. Ela se mudou para a Grã Bretanha quando tinha seis anos de idade e viveu em  South Shields no nordeste da Inglaterra.

8.  Laura Mvula

Laura Mvula (nascida Douglas)é de Birmingham. Seu álbum de estreia Sing to the Moon foi lançado em 2013

9.  Josh Osho

Josh Osho é do sul de Londres e muito bom

10.  Maverick Sabre

Michael Stafford (Hackney, Londres, 12 de Julho de 1990) é um cantor, compositor, produtor e instrumentista britânico de descendência irlandesa. Associado aos gêneros R&B, soul, reggae, hip-hop e folk, Sabre é conhecido por ter vocais potentes e misteriosos

11.  Sampha

Sampha Sisay, usa o nome artístico de  Sampha, é de Morden, South London.

11.  Jessie Ware

Jessie Ware (Brixton, 15 de Outubro de 1984) é uma cantora inglesa mais conhecida pelo single de 2012 “Running”, editado pela PMR Records. Jessie foi backing-vocal do músico SBTRKT. Como habitual em jovens músicos, Jessie tem sido comparada a outros músicos, sendo comparada a cantoras como Sade, e apelidada pelo The Guardian como a resposta britânica a Aaliyah.

12.  Daley

Gareth Daley, conhecido como  Daley (pronuncia-se day-lee), é de Manchester.

13.  Lianne La Havas

Lianne Charlotte Barnes é conhecida como Lianne La Havas, é de  Londrese transita pelo folk e pelo soul; é cantora, compositora e para mim a melhor de sua geração.

14.  Emeli Sandé

Adele Emeli Sandé mais conhecida por seu nome artístico Emeli Sandé, é uma cantora e compositora escocesa de R&B e Soul. Ficou conhecida ao participar dos singles “Diamond Rings” de Chipmunk e “Never Be Your Woman” do rapper “Wiley”, ambos singles de sucesso no Reino Unido. Ela já escreveu para muitos artistas incluindo Cheryl Cole, Cher Lloyd, Leona Lewis, Preeya Kalidas, Susan Boyle e Tinie Tempah.

14.  Corine Bailey Rae

Corinne Bailey Rae (nascida Corinne Jacqueline Bailey; Leeds, 26 de Fevereiro de 1979) é uma cantora britânica de soul music.

15.  Sam Smith

Samuel Frederick “Sam” Smith[1] (Bishop’s Stortford, 19 de maio de 1992) é um cantor e compositor britânico. Ficou conhecido por “Stay with Me” que ficou entre os Hot 100 da Billboard e também por colaborar com Disclosure e Naughty Boy nos singles “Latch” e “La La La”, que situaram-se nas sétima e primeira posições da UK Singles Chart, respectivamente. Em dezembro de 2013, Smith foi indicado ao Critics’ Choice Award do Brit Awards e a Sound of 2014 da BBC; sagrando-se vencedor em ambos. Seu álbum de estreia, In the Lonely Hour, foi lançado em 26 de maio de 2014 através da Capitol Records. “Lay Me Down” e “Money on My Mind” foram lançados como singles de avanço.

15.  Adele

Adele Laurie Blue Adkins, Londres, 5 de maio de 1988) mais conhecida como Adele, é uma cantora, compositora e multi-instrumentista britânica nascida em Tottenham, Londres e criada no sul da cidade. Ela foi a primeira artista a receber o prêmio Critics’ Choice do BRIT Awards e foi nomeada “Artista Revelação”, em 2008, pelos críticos da BBC. Vencedora de dez Grammy Awards, quatro BRIT Awards, um Golden Globe Award e um Oscar, ela alcançou o auge da carreira ao lançar o álbum 21, com o qual bateu vários recordes[6] e dominou as paradas de sucesso dos Estados Unidos e Reino Unido, com o single “Rolling In The Deep”.

Deixe um comentário

Arquivado em Soul, TOP TOP

Faces: Leon Bridges – Better Man e There She Goes (2015)

Nesta coluna procuramos colocar novos artistas nos quais vale a pena prestar a atenção. Este é o caso de Leon Bridges. Natural de Fort Worth, Texas, seu som remete a Sam Cooke, sempre atuando como uma espécie de crooner de soul vintage e apoiado por uma banda estilo Motown

Deixe um comentário

Arquivado em Faces, Leon Bridges, Soul

Uma música doce: “Pillow Talk”, de Joss Stone.

A cantora britânica Joss Stone (nascida Joscelyn Eve Stoker, em 1987), despontou aos 16 anos, quando foi adotada musicalmente pelo produtor Steve Greenberg no lançamento do álbum “The Soul Sessions”.

Dona de uma poderosa voz, visual meio vintage com longos cabelos loiros, cantando sempre descalça (“a la” Graham Nash), fez backing vocals para famosos como Jeff Beck e Ringo Starr antes de se associar, em 2009, ao competente Dave Stewart (The Eurythimics) para produzirem alguns álbuns e participarem do lançamento do único álbum do mega grupo “SuperHeavy”, contando com Damiam Marley e ninguém mais que Mick Jagger.

Em 2012, Joss Stone lançou o álbum “The Soul Sessions, Vol 2”, produzido novamente por Steve Greenberg, e contendo uma coleção de clássicos da soul music. Uma dessas músicas é a linda “The Pillow Talk”, em que Joss Stone deixa de lado alguns arroubos vocais e faz uma linda e suave interpretação, swingada por um órgão Hammond B3, lembrando o início dos anos 70 (Stevie Winwood / Traffic, The James Taylor Quartet…). Uma delícia de música!

Esta é a versão original do álbum:

Esta outra versão, de um show ao vivo no final de 2012, é reduzida e não conta com o teclado no final, mas tem o belo visual da Joss Stone:

Deixe um comentário

Arquivado em Joss Stone, Soul

“Gypsy Woman”, com Curtis Mayfield

O genial Curtis Lee Mayfield escreveu “Gypsy Woman” aos 14 anos de idade, em 1957, inspirado por uma cigana que dançava ao redor de uma fogueira. Porém, ela só foi lançada em 1963, no álbum “The Impressions”, que também foi o lançamento dessa banda, liderada por Mayfield.

Este vídeo é de um show em 1990:

Pouco tempo após essa gravação, em 14 de agosto de 1990, Curtis Mayfield sofreu um sério acidente durante um show ao ar livre no Brooklyn, NY, e uma das torres de iluminação caius sobre ele, deixando-o paralisado da cintura para baixo. Sua vida sofreu um sério revés, mas após algumas pequenas melhoras, voltou a cantar e a gravar, ficando deitado em uma maca. Desta maneira, lançou um último álbum em 1996 (“New World Order”).

Em 1994, Curtis Mayfield recebeu o “Grammy Legend Award” por sua obra musical, em um evento que contou com a participação de grandes estrelas como B.B. King, Bruce Springsteen, Bonnie Raitt, Vernon Reid, Steve Winwood, Narada Michael Walden, Don Was, Tony! Toni! Tone! e muitos outros. No final da cerimônia, ele aparece em uma cadeira de rodas para agradecer. Emocionante!

Curtis Mayfield faleceu aos 57 anos de idade, em 26 de dezembro de 1999, vitimado por complicações da diabetes e do trágico acidente.

Permanecerá como uma das grandes personalidades da música R&B!

A música “Gypsy Woman” tem ótimas versões com diversos artistas, incluindo até Jimi Hendrix, mas são especialmente boas as versões com Ry Cooder e outra com Carlos Santana.

Deixe um comentário

Arquivado em Curtis Mayfield, Soul